quarta-feira, 20 de abril de 2011

Há três anos



recebi uma carta de uma grande amiga minha, que por sinal muito linda com belas palavras... Mas de principio achei que era só mais uma carta e que o havia ali escrito nunca fosse se torna, pois na carta dizia mais ou menos assim que nem tudo era pra sempre!
Durante esses três anos que se passaram muitas coisas aconteceram que me fez crescer com dor e amor ao mesmo tempo, e hoje eu encontro essa carta e nela havia tudo que gostaria de ouvir dessa minha grande amiga que hoje já não a encontro aqui perto de mim, do meu lado... E onde estive amiga espero que esteja muito, feliz, mas, contudo sinto muita sua falta, falta de seu companheirismo de amiga, irmã, conselheira, confidente! Em meio de tantas muitas palavras bonitas como havia falado mais a uma a qual marcou e jamais vou esquecer que diz: “A felicidade é reencontramos em nós a capacidade para amar, porque tudo o que fazemos sem amor é tempo perdido, é feito em má hora, é uma infelicidade...! Enquanto tudo que é fazemos com amor é a eternidade reencontrada, desse modo à felicidade nós é dada por acréscimo! ’’ (Renata Matias)
Pois, a vida é muita rara e tudo que se foi de bom dura pra sempre dentro de nossos corações, então viva cada segundo de suas vidas e não jogue fora uma grande amizade, por que colegas se pode ter muitos em qualquer esquina mas amigo de verdade não se encontra toda hora.
Então de valor as coisas simples dessa vida, pois no pequenos detalhes da vida que as respostas estão escondidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário